quarta-feira, dezembro 31, 2008

NO COLO DA DEUSA











ENTREM O ANO NAS ASAS DOS ANJOS  OU NO COLO DA DEUSA...

*
MÃE...
"Beija-nos suavemete na fronte,
Tão levemente na fronte que não saibamos que nos beijam
Senão por uma diferença na alma.
E um vago soluço partindo melodiosamente
Do antiquíssimo de nós
De uma oculta vontade de soluçar,
Talvez porque a alma é grande e a vida pequena,
Vem e embala-nos, vem e afaga-nos,
Vem cuidadosa
Vem maternal"...
(...)
Fernando Pessoa

A SERENIDADE E A SAÚDE DA CRIANÇA DEPENDE DO LEITE MATERNAL


- Porque razão estas imagens chocam a mente profana dos homens? Porque eles amam e odeiam o que de mais belo e puro têm memória...

Porque a Igreja católica denigriu de tal modo a mulher o seu corpo e o seu sexo que a nossa cultura falocrática e misógina, plastificada, vazia de conteúdos espirituais verdadeiros não suportam a beleza da mãe e do filho. Porque essas mentes deformadas por preconceitos milenares de padres e pederastas, movidos PELA INVEJA DOS SEIOS E DO ÚTERO, têm necessidade de reprimir a beleza natural da mulher e da criança.
*
Eles, OS PREDADORES INFAMES têm de sujar a imagem mais tanscendente da vida, a Concepção, e o gesto mais puro da NOSSA EXISTÊNCIA o da nutrição que provém exclusivamente do Corpo Santo da Mãe!
*
Só uma mente deturpada e miserável pode achar "obsceno" o seio da Mãe...
*
"Ao ver estas imagens tão belas que me fazem recordar uma das etapas mais sublimes e prazeirosas da minha vida,sinônimo de Beleza Pura, de PRAZER, tanto para a Mulher quanto para a Criança. Sinônimo de SAGRADO. Será isto que incomoda tanto olhares profanos e preconceituosos?

Citando um ditado popular: "A Bondade nem sempre está na ação de quem a faz,mas sempre nos olhos de quem a vê",digo: "A indecência nem sempre está na ação de quem a faz, mas SEMPRE nos olhos de quem a vê..."

CANBERRA (Reuters) - Fotos de uma mãe amamentando seu bebê podem ser consideradas indecentes?
O site de redes sociais Facebook deflagrou um imenso debate online -e protestos- depois de remover fotos que expunham em demasia o seio de uma mãe.
Barry Schnitt, porta-voz do Facebook, disse que o site em geral não age com relação a fotos de amamentação quando elas respeitam seus termos de uso, mas informou que algumas são removidas para garantir que o site seja mantido seguro para todos os usuários, incluindo crianças.

"Fotos que contenham um seio completamente exposto (ou seja, envolvam exibição de mamilo) constituem violações desses termos (quanto a material obsceno, pornográfico ou sexualmente explícito) e podem ser removidas", informou em comunicado.
"As fotos com relação às quais agimos são trazidas à nossa atenção quase exclusivamente por reclamações de outros usuários", o comunicado acrescentou."
(...)
Ver em: http://wwwjaneladaalma.blogspot.com/2008/12/veto-fotos-de-amamentao.html

terça-feira, dezembro 30, 2008

O NOSSO CHÃO SAGRADO, A TERRA INTEIRA


QUE A DEUSA DESPERTE EM TODAS AS MULHERES A ROSA DE PAZ QUE DORME NO SEU CORAÇÃO DE SABEDORIA PARA QUE VENHAM SEMEAR A PAZ E A HARMONIA NUM CHÃO CALCINADO DE CHUMBO, CINZA E SANGUE E ÓDIO GERADO PELAS ARMAS MORTÍFERAS DOS LOUCOS QUE DOMINAM O MUNDO EM NOME DO PAI... E FAZEM A GUERRA SANTA DESTRUINDO A TERRA E MATANDO AS CRIANÇAS...

FORAM MORTAS TRÊS MENINAS QUE DORMIAM, POR ENGANO, EM GAZA...

O MUNDO PRECISA QUE AS MULHERES ACORDEM NO SEU PEITO A ROSAS SAGRADA DO JARDIM DA MÃE E AJUDEM A SALVAR O MUNDO DA INSANIDADE DOS HOMENS.

É O MEU ÚNICO DESEJO PARA ESTE NOVO ANO QUE VAI COMEÇAR...JÁ CHEIO DE SANGUE...E GUERRAS!

É O TEMPO DE ACORDAR E A ROSA SE ABRIR NO TEU PEITO

A ROSA EM NÓS ADORMECIDA

"Quando eu falo do Fogo Feminino, vê bem, eu evoco esta força específica que está em ti, que está adormecida em cada mulher e que a maior parte nem sequer ainda se aparecebeu dela. Escutem meus amigos...

A Mulher dorme na mulher. Quero dizer-vos que o Divino ainda não tomou realmente consciência do seu poder na Mulher. Ainda falta algum tempo...

- Sempre dois mil anos Jesus?
- Dentro de dois mil anos...tal como tu o pressentiste Myriam...
(...)
"Em mim o Mestre e o Servidor se confundem. Tão depressa o meu olhar é masculino como é feminino. O espírito não é macho nem fêmea e o meu Pai é ao mesmo tempo Mãe, desde de toda a eternidade. Por vezes a minha Mãe abre os braços e oferece-se, outras vezes o meu Pai abre a boca e sopra. Em breve a minha Mãe abrirá os braços..."
(...)
in VISIONS ESSÉNIENNES
de DANIEL MEUROIS-GIVAUDAN
*

A DOENÇA DO SONO...


INDEPENDÊNCIA EMOCIONAL


"No início da nossa vida e de novo quando envelhecemos, precisamos da ajuda e da afeição dos outros. Infelizmente, entre estes dois períodos da nossa vida, quando somos fortes e capazes de cuidar de nós, negligenciamos o valor da afeição e da compaixão. Como a nossa própria vida começa e acaba com a necessidade da afeição, não seria melhor praticarmos a compaixão e o amor pelos outros enquanto somos fortes e capazes?"
*

As palavras acima são do actual Dalai Lama. Realmente é muito curioso ver que nos orgulhamos da nossa independência emocional. Mas, é claro, não é bem assim: continuamos a precisar dos outros a nossa vida inteira, mas é uma "vergonha" mostrá-lo, por isso preferimos chorar às escondidas. Quando alguém nos pede ajuda, esta pessoa é considerada fraca, incapaz de dominar os seus sentimentos.
Há uma regra não escrita segundo a qual "o mundo é dos fortes", e "sobrevive apenas o mais apto". Se assim fosse, os seres humanos não existiriam, porque pertencem a uma espécie que precisa de ser protegida por um longo período (os especialistas dizem que só somos capazes de sobreviver por nós mesmos depois dos 9 anos, enquanto uma girafa só precisa de 6 a 8 meses e uma abelha torna-se independente em menos de cinco minutos). Estamos neste mundo. Eu, pela minha parte, continuo - e continuarei sempre ­a depender dos outros. Dependo da minha mulher, dos meus amigos, dos meus editores. Dependo até dos meus inimigos, que me ajudam a estar sempre adestrado no uso da espada. É claro que há momentos em que este fogo sopra noutra direcção, mas pergunto sempre a mim mesmo onde estão os outros. Será que me isolei demais? Como qualquer pessoa sadia, também necessito de solidão, de momentos de reflexão. Mas não posso viciar-me nisso.
A independência emocional não leva a absolutamente lugar nenhum – excepto a uma pretensa fortaleza, cujo único e inútil objectivo é impressionar os outros.
A dependência emocional, por sua vez, é como uma fogueira que acendemos.
No início, as relações são difíceis. Da mesma maneira que o fogo tem de se conformar com a fumaça, desagradável - que torna a respiração difícil e nos arranca lágrimas dos olhos. Entretanto, uma vez aceso, a fumaça desaparece e as chamas iluminam tudo em seu redor - espalhando calor, calma, e eventualmente fazendo saltar uma brasa que nos queima - mas é isso que torna uma relação interessante, não é verdade?
Comecei esta coluna a citar um Prémio Nobel da Paz numa matéria que diz respeito à importância das relações humanas. Termino com o professor Albert Schweitzer, médico e missionário, que recebeu o mesmo Prémio Nobel em 1952.
*

"Todos conhecemos uma doença da África central chamada doença do sono. O que precisamos de saber é que existe uma doença semelhante que ataca a alma - e é muito perigosa, porque se instala sem ser percebida. Quando notar o menor sinal de indiferença e de falta de entusiasmo em relação ao seu semelhante, esteja atento!
A única maneira de nos prevenirmos contra esta doença é entendendo que a alma sofre, e sofre muito, quando a obrigamos a viver superficialmente.
A alma gosta de coisas belas e profundas."

PAULO COELHO

segunda-feira, dezembro 29, 2008

Ser sensato...ou sábio?


Bom, este ficou de fora do show...e eu tive que o incluir aqui...não vêm o olhar perplexo do queridinho Ragdoll de olhos azuis lindos...?
Mas esperem aí ... já agora aproveito para postar mais qualquer coisa, também muito bonita que me enviou um amigo da Deusa...sobre a sensatez...
Bom...não sei bem se é ser sensato se é ser Sábio...porque eu acho que é mais SER SÁBIO!
*
"Sensato é todo aquele que consegue aceitar-se do modo que realmente é.
*
Essa é a chave de ouro que abrirá as portas de teu jardim interior. E, nesse jardim crescem magníficas árvores que ainda não conheces e flores que só tu podes cultivar. Tu és o único que pode fazer enxertos e transformá-las, plantar novas plantas e retirar outras; tu és o único que poderá ter acesso a teu jardim, podendo embelezá-lo ou convertê-lo em estéril como um deserto. Então, aceita ser o "jardineiro" de ti mesmo e descobrirás que o teu trabalho é similar a de muitos outros e então te tornarás mais compreensivo, mais disposto e menos crítico para com os outros. Responsabiliza-te pelo teu papel e percorras o caminho em que te espera a Vida e, ao longo dessa viagem, te darás conta que o caminho se converterá em uma espiral que se alonga até o infinito, até o Céu...! "
*
Como já perceberem estou numa muito leve e amena disposição...apesar da constipação, nada de "barra pesada"...esperem até ao fim do ano...é que depois temos de trabalhar a sério e ir muito fundo mesmo.
Preparem-se para a aceleração dos processos e a urgência da tomada de consciência de quem verdadeiramente somos...
Tenho de ficar por aqui porque a minha gata não me deixa mais escrever...ela não para de miar e vou ver o que ela quer...paixão de gatos é assim!

os astros e os gatos



O SOL E A LUA

"Sol e Lua estarão em harmonia entre os dias 29/12 (Hoje) e 31/12, Rosa. Excelente momento para realizar passeios e/ou viagens com a pessoa amada! Caso esteja sem ninguém no momento, boas novas poderão surgir caso você passeie, viaje, saia da rotina. De uma forma ou de outra, você poderá receber telefonemas, cartas ou e-mails nestes dias que lhe deixarão particularmente feliz, e a temática pode ser afetiva. Não perca a oportunidade de sair da rotina e dar uma dinamizada em sua vida amorosa!"

...dá mesmo vontade de rir os astros...é que há mais de uma semana que estou constipada, mais ou menos de cama, e sem sair de casa... e sozinha, claro!por isso o slide com os meus amores gatos...

domingo, dezembro 28, 2008

ELA É A MESMA QUE OUTRA QUE NÃO ELA


A abelha que, voando, freme sobre
A colorida flor, e pousa, quase
Sem diferença dela
À vista que não olha,
Não mudou desde Cecrops.
Só quem vive
Uma vida com ser que se conhece
Envelhece, distinto
Da espécie de que vive.
Ela é a mesma que outra que não ela.
Só nós — ó tempo, ó alma, ó vida, ó morte! —
Mortalmente compramos
Ter mais vida que a vida.


Poema de ricardo Reis
(heterônimo de Fernando Pessoa)


2009 - AO ENCONTRO DA ARTE DE VIVER...

(...)
"Qualquer que seja a força misteriosa que faça a Terra parar, a estória também exibe a inteligência superior dos visitantes do espaço que chegam a nosso planeta. É a inteligência superior que é notável, pois é precisamente esta inteligência que é anunciada pelo advento da noosfera. Tal mudança na inteligência moral, espiritual e intelectual originada da necessidade evolutiva galáctica é a força impulsionadora do advento da noosfera – um deslocamento quântico irreversível para a inteligência moral coletiva da mente planetária e ascensão espiritual.

O deslocamento para a noosfera – mutação da biosfera –é a única mudança real. É o único caminho, por exemplo, de parar o terrorismo, pois os terroristas hoje nada mais são que aquela porção de nós mesmos que acreditou no mito do progresso e adoração do dinheiro. Quando não mais existir o dinheiro, não haverá mais razão para a causa terrorista. Osama Bin Laden nada mais é que um mito sombrio inventado e perpetrado pelo Banco Federal de Reservas, Organização do Comércio Mundial e Fundo Monetário Internacional para criar uma aura de medo para proteção do sistema financeiro.

O advento da noosfera – ascensão para a consciência telepática coletiva – é a mudança real que alterará as bases da sociedade humana a tal ponto que as causas para o aquecimento global e também a injustiça social serão erradicadas. Materialismo é escravidão à máquina; e a máquina é realmente Moloch, consumindo os recursos da Terra para manter-se vivo. O progresso material danifica o progresso moral e espiritual. A manutenção da máquina cria tanto injustiça social como poluição planetária. Com o advento da noosfera, a máquina será vista pelo que é – um mero artifício sem valor real. Compreenderemos que a mente humana, progenitora da máquina, será o novo domínio a ser explorado e universalizado em todas as suas dimensões. Não precisamos de máquinas para isso.

O ano Gregoriano 2009 será o ano da penúltima devastação, caos e anarquia social. O novo e seus valores serão evidentes o suficiente para criar a grande divisão entre o velho materialista – o passado – e o futuro noosférico evoluído espiritualmente, claramente evidente. A Humanidade terá escolha. Poderá se manter nos velhos valores do materialismo, ganância, neurose e comportamento destrutivo – bem como lealdade a todas as instituições que mantém esta forma de viver. Ou pode escolher conceber que agora é tempo de se habilitar, desenvolver e manter valores noosféricos de criatividade, exploração psíquica, purificação espiritual e o estilo de vida simplificado, auto-sustentável de ahimsa (não-violência). A escolha está entre os velhos valores do "tempo é dinheiro" e os novos valores do "tempo é arte". Onde há dinheiro há desarmonia; onde há arte há harmonia. Simples assim. A Terra está esperando para se transformar em uma obra de arte.

2009 – um ano para lembrar quem você realmente é.
IN 2009 – ANO DA GRANDE DIVISÃO - por Valum Votan
(parte final do texto enviado por um amigo)

sexta-feira, dezembro 26, 2008

O significado superior do amor sexual na união dos princípios

A UNIÃO DOS PRINCÍPIOS,
FEMININO E MASCULINO


"Inventemos um Imperialismo Andrógino reunindo as qualidades masculinas e femininas; um imperialismo alimentado de todas as subtilezas femininas e de todas as forças de estruração masculinas. Realizemos Apolo espiritualmente. Não uma fusão do cristianismo e do paganismo, mas uma evasão do cristianismo, uma simples e estrita transcendência do paganismo, uma reconstrução transcendental do espírito pagão."

Fernando Pessoa
*
O "significado superior do amor sexual"

Assim o "significado superior do amor sexual, que não deve ser identificado ao instinto de reprodução, é o de ajudar tanto o homem, como a mulher, a integrar-se interiormente (na alma e no espírito) na imagem humana completa, isto é, na imagem divina original".

Esta imagem andrógina, tornada incorporal após a queda, deve incarnar-se , fixar-se e estabilizar-se nos amantes de modo que "os dois se não reproduzam unicamente num terceiro ser, a criança, mantendo-se contudo iguais a si próprios, tais como eram (não regenerados) mas que ambos renasçam interiormente como filhos do divino"


in A METAFÍSICA DO SEXO de Julius Evola

O FEMININO E O MASCULINO


“Vocês vivem num mundo onde habitam personagens de uma grande escuridão assim como seres de grande espiritualidade a transbordar de amor, mas na verdade a maioria dos humanos encontram-se entre estes dois pólos. Cada um de vocês sabe da luz interior que brilha em cada um deles; cada um sabe também a parte de sombra pela qual já foi confrontado e que traz em si. As duas faces são a expressão da dualidade que forma a natureza da vida que vocês conhecem pela vossa própria experiência humana. Ao longo da história, houve momentos de incrível iluminação espiritual mas também períodos de impenetrável escuridão e vocês podem constatar que estes dois extremos coexistem muitas vezes num mesmo momento e ocupam o mesmo espaço enquanto pólos da mesma energia. Estes pólos opostos confrontam-se e opõem-se, e no entanto, vocês podem perceber que eles são simplesmente reflexos de um todo.
Como estudantes de sabedoria esotérica, vocês aprendem que devem integrar as duas polaridades: o bem e o mal, a luz e a obscuridade, o amor e o ódio. Enquanto estiverem a alimentar as forças opostas, a guerra reinará sobre todos os planos.”


Le Haut Conseil de Sirius – Patrícia Cori

Deste modo torna-se claro para nós que tanto a Igreja secular como os Governos do Mundo, manipulam há séculos as pessoas mantendo-as em permanente dualidade e em luta acérrima contra o seu pólo oposto – seja ele o feminino-negativo, seja ele o diabo ou o inimigo - em vez de clarificar que o que o verdadeiro Conhecimento nos propõe é a necessidade de integrar esses dois lados da natureza que coexistem dentro de nós e são parte do nosso ser para integrar e formar o Ser Uno ou Andrógino. Que as polaridades principais como o feminino e masculino se encontram em luta e que essa separação é intencionalmente provocada pelos poderes da escuridão. Por isso a Integração do Pólo Feminino – completamente destruído por esses poderes - reverte-se da maior urgência. Eles sabem que o seu poder depende de separar a mulher do homem e na divisão intrínseca da Mulher em dois ou mais estereótipos, para impedir o encontro da “chama gémea” e a sua fusão alquímica, e assim exercem o controlo e a manipulação da humanidade através das Religiões e dos Estados, que coloca os seres humanos impotentes e temerosos entre um deus e um diabo fora de si mesmos.
A sujeição da mulher e a sua anulação é o factor fundamental para o reino do Poder Oculto que domina o Mundo na obscuridade e na mentira. Por essa razão as mulheres continuam a ser prostituídas e exploradas sem que os Estados façam nada, degradadas pelos meios de comunicação social, dos anúncios, e mesmo pelos Blogues de jornalistas e políticos que se servem de imagens aberrantes e destrutivas da sua beleza e a rebaixam ao lixo…

Eles promovem a alienação da mulher de si própria desde menina e do seu poder interior, educada para servir a espécie dos escravos que os humanos ainda são e da ideia única de produzir-consumir e morrer, na ilusão da evolução tecnológica que os afastou do contacto com a Natureza e a vida, dando-lhes instrumentos sofisticados e inúteis que poluem e destroem o sistema ecológico. Milhões de telemóveis, computadores, jogos e televisões, carros, e paraísos artificiais para férias que não fazem senão destruir ainda mais o equilíbrio da Terra, da flora, da fauna e dos oceanos…
O Eixo do Mal e o Eixo do Bem, representam os fundamentalismos americano e árabe, como pano de fundo dessa guerra milenar e nuclear, entre ocidente e oriente, que nos pode destruir a todos e que continua a alimentar os “vampiros invisíveis”…

A Mulher essencial, como mediadora das forças cósmicas e telúricas é a Pedra Basilar da construção do novo Mundo. As forças Yin, maternais, são absolutamente necessárias para entrar no período de oscilação da Terra para contrapor as forças Yang de destruição e guerra. Sem o despertar interior da mulher em relação ao seu poder interno e sem a consciência da sua actual cisão, a mulher não conseguirá interagir no mesmo plano que o homem e o homem não pode integrar o seu feminino.
Tal como os cientistas, com as suas fantásticas descobertas as inutilizam, por ignorarem a espiritualidade do Planeta, e ver Gaia como um ser vivo com Alma e emoções e sobretudo inteligência, também as mulheres que lutam pelos seus direitos e alteração das leis a seu favor, sem a dimensão espiritual do feminino sagrado, as inutilizam e acabam por as virar contra si próprias.

Considerar a evolução espiritual em conjunto sem que a mulher primeiro acorde para o seu feminino sagrado e primordial é um erro enorme porque se cai na ilusão de uma evolução que não é baseada na verdadeira integração dos pólos opostos complementares, continuando a luta agora mais subtil, entre o positivo e o negativo o e ainda o bom e o mau…
Ignorar que a mulher ainda não alcançou esse patamar de união consigo mesma e com a Deusa é ignorar algo de fundamental e servir ainda o mundo da escuridão…
Um mundo supostamente espiritual, mas cheio de egos, medos, ódios e competição…onde o dinheiro e a aparência continuam a ser o apanágio de terapeutas e curadores, astrólogos, gurus e discípulos…que acabam na sua ingenuidade ou ignorância por servir os interesses dos senhores das trevas…

Ah! Parece apocalíptico…pois parece…

in (O Livro) MULHERES & DEUSAS

AS HISTÓRIAS DA CAROCHINHA...

NÓS SOMOS DOMINADOS POR UMA MATRIZ DE CONTROLE
HÁ MILHARES DE ANOS...MANIPULADOS POR UM PENSAMENTO ENERGIA COLECTIVA DIFUNDIDA PELOS QUE TÊM O PODER NA TERRA. ATRAVÉS DAS NOSSAS CRENÇAS NÓS ALIMENTAMOS ESSAS FORÇAS...
*
"Assim como vocês descobriram a verdade sobre o Coelhinho da Páscoa, Papai Noel e a Fadinha do Dente de Leite, vão descobrir que existe um cenário, uma história, uma versão idealizada em torno de muitas destas energias que têm vindo a cultuar como deuses.
A energia predominante neste planeta sifona (drena) os vossos sistemas religiosos segundo a sua própria vontade. Ela extrai fluxos de energia incríveis, e esta energia está viva.
Foi dito a vocês que todos os vossos pensamentos criam mundos: eles são reais - eles vão para algum lugar.
Existem cinco bilhões e meio de pessoas pensando neste instante. Toda esta energia está viva na Terra.

Qual é o sentimento predominante dentro dessa energia e o que pode convencer ou coagir a sua exibição? Não estamos aqui para dizer quem está certo ou erra¬do, ou quem é quem dentro da hierarquia. Queremos simplesmente desfazer as vossas ilusões, alertá-los para aquilo que foram induzidos a acreditar.(…)
Vocês estão dedicando reverência e lealdade a sistemas de crenças que já não lhes serve para nada, da mesma forma que vai chegar o dia em que cada um de vocês terá ultrapassado os ensinamentos que estamos ministrando ago¬ra. Outra energia será capaz de dizer: "Bem, quando os Pleiadianos estavam lhes mostrando isto, era muito bom. Eles dirigiram vocês até aqui. Deixem-nos levá-los adiante. A evolução não para, nem há nada que tenha sido ensinado neste planeta que represente a verdade suprema. Na medida em que forem recuperando a história de vosso passado reptiliano, perceberão que muitas características que influenciaram o sistema patriarcal da história faziam, na verdade, parte da família dos répteis (predadores, reptilianos, raça alienígena que num passado remoto assenhorou-se da raça humana. Tal raça é descrita por diversos autores a partir dos anos 90. São eles: Carlos Castaneda, Miguel Ruiz, Bárbara Marciniak, William Bramley, Alex Collier, David Icke, Credo Mutuwa, dentre outros).(…)
Precisam aprender como discernir entre as energias ex¬traterrestres. Este é um universo de livre-arbítrio, portanto todas as formas de vida são permitidas aqui. Se uma energia procura amedrontá-los, manipulá-los, controlá-los, não é uma energia interessante para se trabalhar com ela. Vocês escolhem com quem trabalhar. O fato de uma entidade ter desenvolvido capacidades fantásticas e aparentemente mágicas, não significa necessariamente que ela seja desenvolvida espiri¬tualmente. Aprendam a discernir.Vocês estão vivendo uma época importantíssima em que a energia está chegando viva. Tudo o que estão sentindo é o resultado de estarem despertando os vossos potenciais ador¬mecidos. Um vendaval está soprando, mostrando-Ihes que há muita agitação rolando no ar.

Os deuses estão aqui. Vocês são estes deuses.
À medida que forem despertando para a vossa história, os vossos olhos da antiguidade abrir-se-ão. São os olhos de Hórus, que enxergam através dos olhos do ser humano, mas da perspectiva de um deus. Eles vêem a conexão e o propósito de todas as coisas, pois são capazes de enxergar diver¬sas realidades e unificá-las num quadro global revelando a história inteira. Quando forem abertos dentro de vocês os olhos da antiguidade, serão capazes de conectar-se com a história pessoal de cada um, com a história planetária, a história galáctica e a história universal. Aí, então, vocês vão descobrir quem são os vossos deuses. "

Bárbara Marciniak - Mensageiros do Amanhecer

LEIA O RESTO DO EXCERTO DO LIVRO EM: http://pistasdocaminho.blogspot.com/

quarta-feira, dezembro 24, 2008

MAGNIFI-CAT

"Não há homens salvadores. Não há Messias. O máximo que um grande homem pode ser é um estimulador de almas, um despertador de energias alheias".

FERNANDO PESSOA

MagnifiCat

Quando é que passará esta noite interna, o universo,
E eu, a minha alma, terei o meu dia?
Quando é que despertarei de estar acordado?
Não sei. O sol brilha alto,
Impossível de fitar.
As estrelas pestanejam frio,
Impossíveis de contar.
O coração pulsa alheio,
Impossível de escutar.
Quando é que passará este drama sem teatro,
Ou este teatro sem drama,
E recolherei a casa?
Onde? Como? Quando?
Gato que me fitas com olhos de vida, quem tens lá no fundo?
É esse! É esse!
Esse mandará como Josué parar o sol e eu acordarei;
E então será dia.
Sorri, dormindo, minha alma!
Sorri, minha alma, será dia !

Álvaro de Campos

A MÃE CRUXIFICADA

É NATAL? ÉPOCA NATALÍCIA...
DE NATALIDADE, DE NASCIMENTO, DE MÃE A DAR À LUZ O FILHO E A FILHA...

Estava à procura de uma mensagem especial...qualquer coisa que fosse mais correcta à volta desta encenação toda de um noite tradicional, conforme a religião, claro.
E não me apetece nada esses lugares comuns e banalizados de um sonho que não tem nada de verdade nem sequer o nascimento de um "salvador". Um menino deus...ou um "nosso senhor"...
Gostaria sim, de festejar a Terra Mãe, se pudesse e a Deusa e um Deus consorte... Gostaria de cantar hinos à Natureza e apelar às forças ocultas e cósmicas que nos dessem clareza e discernimento...Que nos dessem paz interior e consciência da nossa própria grandeza de mães, de mulheres e amantes e a completude de SERES HUMANOS.

Gostaria quando muito festejar um Solstício pleno ao ar livre e cantar de mãos dadas com as mulheres livres e homens irmãos...

Não suporto mais este Pai Natal barrigudo e comercial, nem este Papa vaidoso, ostensivo no seu trono, vestido de vermelho a falar da ecologia da natureza humana, da sexualidade do homem e da mulher...este Papa rei... O senhor misógino de um império de homens eunucos vestidos de negro e enfeitados de rosa e rouxo, numa sumptuosa cerimónia de seres caducos a anti-naturais...
Ecologia? Natureza? Homem e Mulher?
Que sabem estes seres execráveis da realidade humana e da condição natural dos seres humanos no seu fausto indecoroso e exibicionismo circense, enquanto milhares de seres humanos morrem de fome e na miséria no mundo?
Não seriam eles os primeiros exemplos de despojamento e humildade de acordo com o seu Mestre? Mas quem são essas aves agoirentas que nos aprisionam nos seus preconceitos e medos há séculos?

Tudo menos seres humanos...

" Não falando dos males que o homem faz ao homem, tais como a pobreza, o encarceramento, a infâmia, a vergonha, o tormento, a traição, a cilada, o ultraje, a fraude; seria impossível enumerá-los todos. Não vos vou referir que crimes cometeram os homens, nem que deus irado os coagiu a nascer para tais misérias. "
(...)
IN "O ELOGIO DA LOUCURA" - DE ERASMO

terça-feira, dezembro 23, 2008

A VASTIDÃO DO MUNDO NA VOZ DE UMA MULHER



Eu sou antes, eu sou sempre, eu sou nunca.
À duração da minha existência dou uma significação oculta que me ultrapassa.

Sou um ser concomitante: reúno em mim o tempo passado, o presente e o futuro, o tempo que lateja no tique-taque dos relógios.
Sou sozinha, eu e minha liberdade. É tamanha a liberdade que se pode escandalizar um primitivo.

Não sei o que estou escrevendo: sou obscura para mim mesma.
O mundo: um emaranhado de fios telegráficos em eriçamento. E a luminosidade no entanto obscura: esta sou eu diante do mundo.

**
Só no ato do amor – pela límpida abstração de estrela do que se sente – capta-se a incógnita do instante que é duramente cristalina e vibrante no ar e a vida é esse instante incontável, maior que o acontecimento em si.

No amor o instante de impessoal jóia refulge no ar, glória estranha de corpo, matéria sensibilizada pelo arrepio de instantes.
Clarice lispector
Clarice lispector
CLARICE...

O UNIVERSO INTERIOR E CÓSMICO

“As massas vêm sendo programadas pelos governos e religiões de forma a acreditar em suas políticas e orientações e desta forma as diferentes culturas de nosso planeta acabaram acreditando que conflito e competição são necessários e desta forma elas se fixam nisso. Precisamos agora acreditar em nós mesmos e nos concentrar na idéia de que todas as pessoas são importantes. Vamos visualizar a unificação, senti-la durante a meditação como se ela já estivesse acontecido e sua manifestação de fato acontecerá.”

Robert Happe


Preparar a Chegada

O Raio Crístico é a principal energia que mantém a aglutinação de todos OS outros Raios. É O Raio que viaja Com instantaneidade na Árvore DA Vida, despertando OS (*SERES HUMANOS!) homens, falando-lhes directamente ao coração e à consciência e operando as revelações sobre O infinito.
Este Raio aproxima-se agora DA Terra, como uma magna presença omniabarcante, usando a própria atmosfera terrestre como seu corpo de “encarnação”. No retorno DA radiação crística à Terra, OS (*SERES HUMANOS!) homens, previamente preparados pelas Matrizes Mariana e Melquisedek, mergulharão num oceano de sentido e de Paz como nunca este planeta experimentou – um oceano de vida e corpo civilizacional de UNIÃO Com as Irmandades Cósmicas.
Os éteres do planeta, elevados pela acção DA Mãe Divina, e as consciências, alinhadas Com O Raio Crístico pela acção DA Matriz Melquisedek, permitirão a implantação DA Matriz Original – O plano inicial para este planeta que emana directamente DA mente e coração de Eloham/Eloha.

Esta Matriz Original, no entanto, começa por se disseminar a partir dos corações-ressoantes dos povos sacerdotais, vasos planetários de luz que, pelas suas características psicológicas colectivas, se sintonizam mais facilmente Com O Criador.

Assim, doze áreas geográficas DA Terra estão em preparação para, além de expressarem a Matriz Mariana e a Matriz Melquisedek, poderem receber a chegada do alento de Eloham, Cristo-Miguel.

O centro de Portugal, segundo AURIAHNE, Santa Isabel, é um desses pontos-antena de recepção do Grande Peregrino Cósmico.

André Louro de Almeida
(*Entre parêntesis está a expressão que acho mais correta para falar do Homem...o autor que me perdoe, mas já não é sem tempo que os autores de expressão superior, cósmica ou telúrica, se deveriam expressar em harmonia com a união dos princípios feminino e masculino, deixando de utilizar o termo Homem para o Ser Humano, homem e mulher)

segunda-feira, dezembro 22, 2008

TÃO LONGE ESTAMOS DO MUNDO...REAL.


- Tão longe estamos do mundo que não tarda que comecemos a não saber quem somos, nem nos lembrármos sequer de dizer-nos como nos chamamos, e para quê, para que iriam servir- nos os nomes, nenhum cão reconhece outro cão, ou se lhe dá a conhecer, pelos nomes que lhes foram postos, é pelo cheiro que identifica e se dá a identificar, nós aqui somos como uma outra raça de cães, conhecemo- nos pelo ladrar, pelo falar, o resto, feições, cor dos olhos, da pele, do cabelo, não conta, é como se não existisse, eu ainda vejo, mas até quando.*


A ORIGEM DO MAL…

O Estado deu 400 milhões de euros para a educação…milhões de euros para investir na Internet e tecnologia…
Há meses atrás o Governo distribuía eufórico, milhares, creio, de computadores às crianças das escolas…Como se a Internet fosse a nossa salvação, como se a Internet contivesse nela o conhecimento salvífico.


Poderíamos pensar que somos um país civilizado, que caminhamos para o progresso, que vamos a caminho de uma verdadeira educação…e isto no momento exacto em que neste País pacato, de brandos costumes, bandos desatam aos tiros nos Bairros problemáticos e os crimes violentos aumentam, vertiginosamente crescem os assaltos e roubos a Bancos, Tribunais, caixas de multibanco e postos de gasolina, carjeking… etc. Em qualquer lado, todos os dias acontecem, assaltos e roubos à mão armada, em pleno dia e nos transportes públicos. São bandos de jovens, homens, pretos e ciganos, drogados ou imigrantes, brasileiros ou de leste…às vezes franceses…mais sofisticados!
Estas são as notícias de todos os dias ao almoço e ao jantar, enquanto os criminosos são soltos. Um homem que matou a namorada regando-a com gasolina e deitando fogo, foi solto ontem, apanhou 20 anos mas só cumpriu três. Um crime doméstico não é nada. A Justiça é cega de nascença! São mortas por mês seis mulheres, mas isso é de somenos importância. Agora o importante é os computadores e a educação…virtual!

Ah! A educação, as escolas e as Universidades como solução, até parece, sim até parece que é isso que falta.
O pior é que os professores se queixam da violência dos jovens também nas escolas. E os universitários batem nas namoradas. Os jovens brancos, dos melhores bairros, com carros, telemóveis, dois e três e pais educados…E justamente agora era o que mais faltava… Computadores, Internet, para todos aprenderem como roubar e matar melhor, como sequestrar, como violar, como ganhar dinheiro, como burlar, ser vítima de pedófilos, como se prostituir, como filmar a bater na professora ou nos colegas, etc. Mais computadores e Internet? Como se os meios valessem de alguma coisa quando os conteúdos são o que são, quando os professores são o que são, quando os ministros são o que são…quando as pessoas não são nada…

Eu não nego a utilidades da Internet nem dos computadores, mas o problema está nos conteúdos e onde estão eles? A televisão também podia ser um poderoso meio de educação, ainda mais poderoso do que a Internet, mas onde estão os conteúdos? Crimes e assassínios em séries, filmes de terror, telenovelas estupidificantes, cómicos e palhaços, políticos e crises mundiais, catástrofes e queda das bolsa, mais nada, alienação pura…

Já Sócrates dizia, quanto mais aprendo mais sei que nada sei ou coisa que o valha, mas este Sócrates não estudou Platão…

Ele não sabe que quando as crianças não têm as mães (nem os pais) em casa e tudo trabalha, dia e noite, dois empregos ou nenhum e a prestação da casa por pagar e o carro e as crianças à deriva, não há nada que se aprenda depois. Porque ninguém quer ver-se a si próprio e ver que o que falta é o amor, o afecto. E nessa base, a grande falta de respeito pelo próximo… Mas o nosso filósofo ignora, como todos os filósofos, que o mal é caseiro, que é em casa que se educa e casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão, lá diz o povo e sabe-o bem.
Quando para o Estado só a Economia é que conta e o deficit, ele que é autista e se diz socialista, não vê onde está a origem do mal…e o mal é de todos, é aquilo que ninguém quer dizer ou assumir: é sim a falta de amor que gera essa falta de respeito que há em todo o lado e começa entre ministros e na própria Assembleia da República. E nem sequer os professores, formados para educar, nada podem porque também eles se preocupam é com a sua economia caseira, querem lá saber dos estudantes e das matérias…E depois já ninguém tem mão neles, nas crianças e nos jovens, nem escolas, nem polícias, nem tribunais e voltamos àquele fado em que o futebol é que induca e a droga é que mata a sede…
Tudo de-mente meus senhores, tudo só mentiras e sorrisos neste mundo em que se quer fazer o que não se sabe, porque nem todos os meios atingem ou justificam os fins…Porque o mal não está na falta de…internet, mas na falta de bases da família, na falta de amor e afecto das mães…insisto sim, porque a educação começa em casa, no respeito pela mãe e pela mulher. Aquilo que a criança vê em casa é o que ela faz na rua e o que ela vê em casa não são já sequer os exemplos da mãe e do pai, mas a televisão e os vidio-games, toda a violência e crime nas séries e filmes americanos…essa é a educação de base dos Bairros pobres e também dos médios e mesmo nas barracas, porque toda a gente está prisioneira da ficção e ninguém sabe distinguir a ficção da realidade! Nem os senhores ministros, pelos vistos…

A realidade são o produzir e consumir, é ter, é competir…é guerra…Todos querem ter dinheiro, mais dinheiro e carros de alta cilindrada e roupas de marca, plasmas e armas como os americanos…chegar à escola e pum, pum…vingança de adolescentes como vingança de exércitos, americanos e russos, eles invadem e matam milhares de pessoas e destroem tudo e depois a reconstroem como um leggo…

Ninguém sabe bem como se deflagrou esta insanidade. Mais parece uma Peste mental, vinda do virtual… É como se um vírus se espalhasse, como se uma psicose colectiva nos atingisse a todos e paulatinamente se infiltrasse em todos as mentes, como se uma epidemia invisível atingisse a humanidade que pode estar em vias de auto-destruição… Como se o sentido único da vida fosse a Economia, o Petróleo e o Dinheiro…
O que é certo é que parece que os homens enlouqueceram de vez, atingiram o grau máximo de alienação. Eles olham para um buraco negro, um ecrã, sem discernimento ou capacidade de ver o essencial…incapazes de olhar para dentro de si ou à sua volta! É a cegueira colectiva e global…
Depois de destruírem o Planeta, a fauna e a flora, os homens começam a destruírem – se uns aos outros e a si mesmos…

“Apesar da "epidemia" chegar a um grau tão extenso, acabando por atingir toda a população do local, a mulher do médico é a única pessoa que ainda consegue enxergar e assim registar todo o horror e provação que os cegos enfrentam.”*
*
In O ensaio sobre a cegueira de J. SaramagO
rosa leonor pedro - artigo publicado no Espaço & Design

"As grandes pálpebras descidas da Mãe"...

ESPELHOS, A VERDADEIRA IMAGEM

"Hoje, o chamamento para o ser percorrer a via sagrada desde a superfície até à profundidade de si é geral. O som ecoa na caixa acústica da psique colectiva como nunca soou. O pássaro do Cristo está cantando em toda a parte. Significa que o ruído, a poluição psíquica e psicológica tem que aumentar cada vez mais para que as pessoas não o oiçam.

O potencial de um ser não é do seu domínio a nível consciente.
O que parece ser do nível consciente do nosso ser é a permeabilidade, a aceitação do nosso próprio potencial.
Os sonhos que nós não realizamos viram-se contra nós, as flechas que não lançamos acabam por nos ferir nas costas. Todos nós estamos aprendendo a conter aquilo que realmente somos (que tem estado excluído) a incorporar-se, a sincronizar o seu élan vital, o seu prana, a sua afectividade, o seu mental, estão aprendendo a sincronizar isto com a imagem perfeita de si próprios que está cunhada no âmago da consciência, no profundo da alma.
Essa voz dentro de nós vai sofrendo, na relatividade da nossa percepção, diferentes mudanças. Começa por ser uma voz vaga, indirecta, um eco, um jogo de sombras, depois vai sendo uma suspeita, gradualmente vai passando do nível da suspeita para o nível da cumplicidade, depois para o nível do reconhecimento, do abraço com essa ciência, esse facto vai-se transformando num núcleo duro, tão sólido, como um diamante.
A velocidade de instalação desse núcleo diamantino da rede humana é regida por sensores galácticos instalados na Terra. Sensores de sincronização entre o impacto de energia logóica sobre o planeta, a capacidade de ligação da Terra às grandes correntes de energia divina e a capacidade das células do Logos de acompanharem a abertura do Grande Portal.
Existe toda uma ciência de calibragem de um imenso amor e compaixão (as grandes pálpebras descidas da Mãe) que está sincronizando a velocidade de combustão planetária. O planeta vai começar a arder.
Esse arder está relacionado com a qualidade que tantos seres já criaram consciente ou inconscientemente, como um óleo para a chama que está a descer. As nossas personalidades são apenas o óleo para que a chama viva. Mas a velocidade com que o triângulo Humanidade/Hierarquia/Miz Tli Tlan/Shamballa passe de isósceles ou escaleno a um triângulo equilátero é regido por potentes moinhos de vento que existem na Terra e que captam o alento do Universo. O vento galáctico é o resultado do amor logóico de vastas entidades superiores porque aquilo que é o fogo da nossa mónada é a mente dos Logos."

(...) 10/6/05

EXCERTO DE ANDRÉ LOURO DE ALMEIDA

sábado, dezembro 20, 2008

UM NOVO PARADIGMA




“O grande vento venenoso da ignorância vajra sopra com energia completamente pervagante, como uma tempesta de outono e acaba com todos os pensamentos de posse e ego como um punhado de pó ”.
Chogyam Trungpa, Sadhana de Mahamudra


Mulheres:

Não se assustem com a bela serpente que surge diante dos vossos olhos, não temais mais aquela que é regeneradora da espécie e símbolo da Deusa e da Grande Mãe na Terra. A inimizade que os homens criaram entre a mulher e a serpente foi a maneira de eles vencerem a Deusa e destronarem o seu poder benéfico e curador...eles ainda a usam na medicina como símbolo de cura...O seu veneno é mais do que nunca o antídoto do grande mal que avassala a Humanidade e a Mulher não deve temer aquela que está dentro da sua pele...nem a sua força ancestral...É tempo da mulher erguer a Serpente na sua fronte como as rainhas o fizeram...

Nós somos Mulheres & Deusas...

A MUDANÇA

2009 – ANO DA GRANDE DIVISÃO
por Valum Votan

(...)
Mas esta mudança é também a causa de uma nova polarização, inevitavelmente.

“A vitória de Obama precipita uma corrida às armas nos Estados Unidos” (BBC News, 28-11-08). O aumento na venda de armas nos Estados Unidos, começando em Cinco de Novembro, o dia seguinte à vitória de Obama na eleição, ressalta este ponto. Este é um severo augúrio do que está por vir.

É evidente que durante 2009 o momentum de massa da humanidade para a mudança, para a realização do novo, será igualado com a polarização das forças de reação. Protestos populistas crescentes serão igualados a anarquia e violência terrorista cada vez maiores. Enquanto a eleição de Obama levantou uma grande onda de esperança e mudança no coração humano, freqüentemente ocorrem conseqüências desagradáveis e desafortunadas. Alimentada por violência armada, a queda do mundo na anarquia será a única companhia dos descontentes atiçados pelo colapso do sistema financeiro e da economia mundial.

"Uma frase atribuída a Einstein diz que não se pode resolver um problema com os meios que o criaram. Não importa quanto dinheiro os governos joguem nos bancos, o sistema financeiro não ressuscitará. O dinheiro criou a degradação da biosfera (em favor dos shopping centers), e a política deu suporte a este esforço destrutivo. O homem Obama, sem dúvida alguma, será um desastre político, pois está apenas cumprindo o regime já estabelecido por seus predecessores, e perderá muito tempo tentando escorar instituições falidas e valores antiquados. Enquanto aderir aos métodos políticos tradicionais e não se tornar um completo visionário, será apenas mais um tijolo na parede!

É assim porque o SS Titanic da civilização do materialismo histórico está afundando e nada no Universo pode salvá-lo – pois é preordenado que tudo que não seja verdadeiro e feito artificialmente pela inteligência humana está fadado a desaparecer. Quando o navio está mesmo afundando, não adianta tentar consertar o motor. 2009 é o ano no qual este fato se tornará óbvio a todos."
(...)

ENVIADO POR PALLAS ATENA

A MORTE DE SÓCRATES...


... OU A MORTE DO PENSAMENTO SOCRÁTICO...

- SÃO AS MULHERES AS GRANDES INICIADORAS DOS HOMENS... e não as culpados do "pecado".
O Pecado foi os homens terem traído a Deusa Mãe e menosprezado as sacerdotisas da Deusa...tal como Sócrates...

SOCRATES " Foi condenado em 399 a.C, Janeiro, com 71 anos, por uma acusação de "impiedade": foi acusado de ateísmo e de corromper os jovens com a sua filosofia...
(…)
UM DOS INIMIGOS DE SÓCRATES:

- Meleto era um poeta trágico novo e desconhecido de cabelo raro, barba escassa e nariz adunco, era o acusador oficial, porém nada exigia que ele como acusador oficial fosse o mais respeitável, hábil ou temível, mas somente aquele que assinava a acusação. Representava a classe dos poetas e adivinhos. "
(…)
( Seria ele um seguidor da Deusa e devoto da grande Mãe?...)

E
DIOTIMA A INICIADORA E Mestra de Sócrates
*
“ Entre os mestres em contacto com os quais Sócrates teria formado o seu pensamento, Máximo de Tiro cita duas mulheres: Aspásia de Mileto, uma cortesã, Diotima de Mantineia, uma sacerdotisa. Da primeira Platão fala no Menéxeno mas é evidente que Sócrates ironiza fazendo dela uma professora de eloquência, Xenofonte fala igualmente dela a propósito de Sócrates, e segundo Ésquino foi ela que teria ensinado a Sócrates a doutrina do amor que torna os homens melhores.
*
Quanto a Diotima, ela é sobretudo conhecida pela célebre passagem do Banquete onde a sacerdotisa de Mantineia faz o relato do nascimento do Amor, alguns só viram nela uma personagem lendária, outros, como R. Godel vêem nela uma iniciada nos mistérios, que teria desempenhado um papel importante na formação intelectual de Sócrates." *

* várias fontes, VIA INTERNET

os gregos e...os troianos...

ANTES DE CRISTO...
Na versão poética e mística, Sócrates morreu envenenado pelo veneno da árvore da qual é extraída a cicuta, símbolo da Deusa que ele ajudou a destruir…pela apologia dos jovens efebos em detrimento da Mulher SÁBIA…

Sócrates, Socrátes…não te livrarás da cicuta nem da vingança da grande mãe…uma gota de veneno beberás por cada árvore destruída em nome do bem do teu deus da economia nacional…
*
“Há quantas décadas os cientistas advertem que não se devem desmatar encostas e topos de morros, nem ocupá-los com construções, porque se corre o risco de deslizamentos e mortes?
Há quantas décadas a legislação proíbe essa ocupação? Há quanto tempo a ciência mostra os riscos de ocupar a planície natural de inundação de rios, que periodicamente ali produzem enchentes mais fortes, com vítimas e perdas materiais, ainda mais se canalizados, retificados, obstruídos por barragens? Não são conhecidos há muito tempo os riscos de impermeabilizar todo o solo das cidades com asfalto e não deixar espaço para a infiltração de água - agravando o risco de inundações?
Há quantas décadas o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) alerta para a maior freqüência e o agravamento dos chamados “eventos extremos” do clima, principalmente chuvas intensas em curto espaço de tempo?
Washington Novaes

Leia o resto do artigo em: http://metamorficus.blogspot.com/
*

A POLÍTICA E A GRANDE SERPENTE...

Ex-conselheiro de Cavaco anuncia crise política em 2009
PAULA SÁ
*
"Aquele que também foi um membro da comissão política da candidatura presidencial de Cavaco Silva, sublinha que o Tribunal não tem prazo de decisão e a situação económica do País vai ser determinante para a amplitude da crise que se poderá desencadear em 2009. "Podemos estar a esconder debaixo da pedra, uma gigantesca serpente que vai morder em alguém...", frisa Joaquim Aguiar."in DN
*
Eu gosto quando as "autoridades" políticas dizem coisas destas, porque eles nem sabem o que dizem...Sim, eles nem imaginam o que lhes sai da boca para fora...

É que a Grande Serpente vai mesmo morder alguém...

A Grande Serpente Terra e Mãe está farta das suas trapalhadas, das suas imbecilidades e não tarda não que eles corram todos assustados com o chão a fugir-lhes (ela vem de debaixo da Terra...) debaixo dos pés...
... eh, eh, eh...
(EU NÃO ME RIO DA CRISE MAS DOS HOMENS QUE A PROMOVERAM NA SUA INCONSCIÊNCIA...)
*
"Grécia. Os manifestantes gregos continuam a atacar os símbolos do Natal, irritando comerciantes e compradores. Abrandou o vandalismo, mas registam-se protestos sindicais"...
*
“Um homem deve decidir se vai andar na luz do altruísmo criador ou na escuridão do egoísmo destrutivo”
*
Martin Luther King

sexta-feira, dezembro 19, 2008

O OLHO DE HÓRUS...


A LILITH AGARRADA AO MEU PÉ...
E A ESPREITAR OS LIVROS DEBAIXO DA MESA...
*

A HISTÓRIA DO NATAL E O SOLSTÍCIO DE INVERNO


"A história do Natal começa, na verdade, pelo menos 7 mil anos antes do nascimento de Jesus.
É tão antiga quanto a civilização e tem um motivo bem prático: celebrar o solstício de inverno, a noite mais longa do ano no hemisfério norte, que acontece no final de dezembro. Dessa madrugada em diante, o sol fica cada vez mais tempo no céu, até o auge do verão. É o ponto de virada das trevas para luz: o "renascimento" do Sol. Num tempo em que o homem deixava de ser um caçador errante e começava a dominar a agricultura, a volta dos dias mais longos significava a certeza de colheitas no ano seguinte. E então era só festa.

Na Mesopotâmia, a celebração durava 12 dias. Já os gregos aproveitavam o solstício para cultuar Dionísio, o deus do vinho e da vida mansa, enquanto os egípcios relembravam a passagem do deus Osíris para o mundo dos mortos. Na China, as homenagens eram (e ainda são) para o símbolo do yin-yang, que representa a harmonia da natureza. Até povos antigos da Grã-Bretanha, mais primitivos que seus contemporâneos do Oriente, comemoravam: o forrobodó era em volta de Stonehenge, monumento que começou a ser erguido em 3100 a.C. para marcar a trajetória do Sol ao longo do ano."
*

O BEZERRO DE OIRO e a Deusa Atena

Este Natal não há Natal…e digo-vos sinceramente que é a única coisa que me dá prazer neste …Natal…
Finalmente a grande mentira, a grande fraude desta sociedade materialista e consumista ameaça cair pela base…

“Estamos mentalmente dormentes. Entorpecemos nossos sentidos da manhã até a noite, seja com o desejo de consumir mais e mais ou pelo cárcere de um emprego que nos trata como escravos em troca de dinheiro para manter todo este ciclo vicioso e destrutivo. Ficamos cegos para a verdadeira beleza. E, se estamos insensíveis à beleza do mundo, então procuramos substitutos.” *

As pessoas não têm saída para as suas vidas mas mesmo assim são impelidas para a ilusão do circo dos centros comerciais. Não podem comprar, mas vão na ilusão de que talvez possam comprar qualquer coisinha e a publicidade encarrega-se disso: acenam-lhes com as mil e uma noites… com as mil prendinhas, nem que seja só com os telefonemas grátis…Telemóveis e chamadas para todo o mundo: andamos todos a falar para o boneco, a falar sozinhos, e isso conta em euros…
O monstro do comércio e do consumo já os devorou e a marca “oferece” uma árvore de Natal gigantesca em Lisboa com luzinhas e fogos de artifício; com as pessoas totalmente alienadas e adormecidas, programadas diariamente pelos canais televisivos, como formigas perdidas do seu carreiro…a olhar para o ar a olhar para o nada…

E eu compreendo que hoje em Atenas os jovens em fúria quisessem deitar fogo à árvore de Natal de uma praça qualquer …na verdade eles têm razão: não se suporta mais esta palhaçada, toda a palhaçada da publicidade, dos homens de negócios e da política e as suas cimeiras para nada; eles apenas querem agarrar este mundo virtual de mentira, querem salvar o seu poder pessoal e egoísta, as suas fortunas, sem qualquer consideração pela pessoa humana nesta mentira global que atinge o seu extremo num Pai Natal a trazer prendinhas às crianças do ocidente luxuoso enquanto as crianças do 3º mundo têm pedras para comer…
Desejo e espero que este mundo de fraude e mentira acabe de vez! Espero que acabe de vez este circo humano de palhaços ricos e pobres e pessoas a morrer à fome enquanto os governos deitam fora comida por causa dos mercados.

É NATAL ? ENTÃO É tempo de olharmos paras as milhares de crianças que morrem de fome e para as MILHARES DE MULHERES QUE SÃO VIOLADAS E MORTAS SIATEMATICAMENTE neste momento; milhares de seres humanos que morrem de doenças e cólera, milhares de seres humanos que vivem na miséria total e os seus presidentes e governadores acumulando riquezas. Como é o caso da filha do presidente de Angola que compra quintas e casas e Bancos em Portugal enquanto o seu povo e as suas crianças, as crianças angolanas vivem na maior miséria e sem nada…

QUE GENTE É ESTA, QUE HERANÇA MALÉVOLA?

E este mundo ocidental que viveu séculos de exploração de outros continentes, ensinou a mesma perfídia e mentira aos seus dirigentes hoje no poder, seja onde for … Durante séculos África foi colonizada, mas agora são os próprios africanos que desprezam, exploram e matam o seu povo?
Este mundo louco e insano tem de cair.
Não faz mal que ele caia DE VEZ E PELA BASE porque já nada o poderá manter. A hipocrisia dos seus Governos e dos seus líderes atingiu as raias do absurdo e SÃO TODOS uns mais repugnantes que outros. Tudo o que se passa neste mundo é paradoxal e atroz.

Sim, já não era sem tempo e o tempo havia de vir em que tudo iria ser desmascarado…
Os grandes escândalos começaram nas grandes instituições com os homens da política a cair do seu pedestal, mas que mesmo assim não têm vergonha na cara, e são reeleitos, voltam ao poder. Só que agora são as economias que caiem e esses grandes homens da política e da finança, tão vangloriados e destacados na empresa e nos media, mostraram a sua verdadeira face e com eles o mundo construído sobre a ambição e o dinheiro. Vemos a Bolsa e a Banca cada dia a cair mais e mais , a afundar-se e aqueles que acreditavam e apostaram nele irão caindo também a curto ou longo prazo…A grande ironia, mas também a grande prova da alienação dos Governos e Estados, é que sejam as pessoas que trabalham, as escravizadas pelo Sistema, ainda a suportar a crise dos ricos, dos muito ricos, dos inúteis que se ficam a rir…mas isto foi o que sempre aconteceu. Não tenhamos ilusões, o mundo nunca foi melhor…apenas estava disfarçados e nós não víamos…

Mas Agora vemos…
O mundo ocidental civilizado a ruir…e não são só os terramotos ou os maremotos, os furacões as cheias e os incêndios aqui e além; a Terra revolta-se porque não suporta mais a mentira e a alienação dos homens. Não suporta mais a violação do mais elementar direito do SER HUMANO, nem a luta cega e desenfreada pelo dinheiro, pelo petróleo, pelo betão; sim, estradas e mais estradas para nenhum lado, carros e mais carros, aviões e viagens aéreas poluentes e caras aos paraísos artificiais como escape…em nome do “desenvolvimento económico”…

ACABEMOS COM ISSO TUDO, COM ESTA GRANDE MENTIRA DO HOMEM CIVILIZADO E VEJAMOS A REALIDADE!

Há terroristas há, há terroristas que matam inocentes e destroem a estabilidade fictícia dos países civilizados ou ricos, mas a diferença entre esses terroristas e os outros mais “civilizados”, os generais e os banqueiros, não é nenhuma excepto o dinheiro…porque se esses matam pelas suas mãos e morrem, os outros não as sujam nem morrem porque têm exércitos onde morrem milhares de jovens inocentes também e durante séculos exploraram e mataram populações igualmente inocentes e deixam ainda hoje morrer à fome milhares de seres humanos.
e QUE ESCÂNDALO UM SAPATO NA CARA PARA O MAIS IRRESPONSÁVEL GOVERNANTE DO MUNDO...e o jornalista que teve essa coragem está preso?

Mas é no berço desta nossa tão apregoada civilização que está mais à vista a queda do Mundo Ocidental e que nenhuma sociedade se pode erguer à custa do sangue e da vida dos outros; tudo está a ruir e em chamas…
É no berço da cultura helénica que começa…os jovens atenienses que já não têm Sócrates para os conduzir – e a ver com o simulacro que por cá temos de nada lhes valeria – pedem que lhes devolvam a vida…pedem que se acabem as mentiras.

Pedem ajuda à Europa, mas a Europa civilizada e filosófica, a Europa “culta” que se valeu de Platão e Aristóteles, e de todos os heróis gregos e romanos já nada pode e já nada há que lhe valha também…Porque o mundo todo foi engolido pelo poder material, pelo poder do dinheiro. O Bezerro de Ouro é o que eles adoraram e agora já não há profetas nem Messias que lhes valham tão pouco…
Não há ninguém para expulsar do Templo os fariseus…eles estão todos no poder há muito tempo. Eles mataram há muito o Filho de Deus…há muito que mataram a Mãe…
Há muito que começaram a destruição da Terra…
É tempo do seu tempo acabar…
rlp
*Citação de Gardel Silveira.

quinta-feira, dezembro 18, 2008

ter a consciência da beleza da terra...

Árvores, pedras, montes, bailam parados dentro de mim...
Atravessa esta paisagem o meu sonho dum porto infinito
E a cor das flores é transparente...
*
fernando pessoa

"Imaginem a Terra restituída à sua beleza régia

As Árvores majestosas parecendo varrer o céu imenso e as nuvens elevar-se em picos grandiosos. Os cânticos dos pássaros enchendo o ar, como uma sinfonia a seguir à outra, cada uma orquestrada para o momento. Aprendam a sentir-se vivos e em plenitude. Descubram o significado profunda das vossas vidas, explorando os aspectos que se encontram escondidos no vosso inconsciente.
Enviem a raiz do vosso ser, como uma serpente, para os registos atávicos da Terra e tragam de volta à consciência essa Terra deslumbrante e majestosa, como um lugar maravilhoso para todos, pois vocês são os legítimos habitantes desse lugar. "

*
IN TERRA - CHAVES PEIADIANAS PARA A BIBLIOTECA VIVA
Barbara Marciniak
*
O MUNDO JÁ NÃO AGUENTA A HIPOCRISIA DO HOMENS:
*
"Nos últimos meses, os governos dos países ricos moveram montanhas financeiras para proteger a integridade de seus sistemas bancários. Qual é o preço da integridade ecológica do planeta, do bem-estar das gerações futuras e do compromisso com os pobres do mundo?"
*
Kevin Watkins

A ORDEM CÓSMICA

INVOCAÇÃO A ORDEM CÓSMICA*
*
ROSA FLOR ROSA MAR,
FLOR DA CRIAÇÃO,
MAR DA VIDA!
ROSA NATUREZA ROSA PLANETA,
NATUREZA DIVINA PLANETA AZUL!
ROSA SOLAR ROSA CÓSMICA,
SISTEMA SOLAR GALÁXIA CÓSMICA!
ROSA FLOR ROSA AMOR,
ROSA CRÍSTICA EU SOU, A MAGNÍFICA ORDEM CÓSMICA EM AÇÃO.
I'AM.
*
"O despertar da Rosa Crística no coração do SER HUMANO** e da Mãe Terra é uma Ascensão, um acontecimento cósmico, humano e planetário de grande transcendênciaSaudações, encarnações do Amor Divino!" V.L.
*
"A dupla essência, masculina e feminina, de Deus - a Cruz.
O mundo gerado, A Rosa, crucificada em Deus"

*
fernando pessoa
*
** ONDE SUBSTITUI A PALAVRA HOMEM POR SER HUMANO, POIS ME PARECE MAIS CORRECTO...
* (Evocação deixada por anónimo nos comentários)

quarta-feira, dezembro 17, 2008

CREIO NA VERDADEIRA ARTE, NA POESIA E NO ÊXTASE...


PORQUE SEI QUE: (...)"Somos filhos de uma força que mal podemos imaginar, uma força que nos chega das árvores e através das planícies da História, e que nos chama para ela. Esse processo está levando dez, vinte, cem mil anos - não mais que um instante. Os indivíduos vêm e vão, mas a natureza atua do ponto de vista da espécie, e, nessa escala, mal se passou um instante desde que só existiam neste planeta a pedra lascada e a farmacologia. A farmacologia precedeu a agricultura, uma vez que as propriedades das plantas vieram a ser conhecidas muito antes do seu cultivo. As visões transmitidas pela psilocibina - visões de enormes máquinas em órbita, de planetas distantes, de criaturas estranhas e vastas paisagens biomecânicas - mal podem ser processadas. A pessoa não sabe se está caminhando no interior de um enorme instrumento ou organismo. Mal podemos assimilar tais coisas. No entanto, essas visões constituem a imagem que nos guia no momento, a imagem que está sendo projetada no tempo histórico - da mesma forma como projetou o cálculo diferencial há cerca de duzentos anos, como projetou os grandes progressos da história humana.
A história dos avanços científicos ou técnicos tem o caráter de revelação. Os homens aos quais esses avanços ocorrem costumam dizer:
"Foi uma coisa que me veio, que me foi dada de repente." Leibniz inventou o cálculo diferencial quando estava estendido na cama, certa manhã. Newton fazia o mesmo a algumas centenas de quilômetros de distância, e os dois nem se conheciam.

Ao longo dos milênios, tem havido um diálogo entre o eu individual e o Desconhecido, entre o eu coletivo e o Desconhecido. Demos a isso o nome de Deus. Os sacerdotes passaram a controlar esse diálogo e sobrecarregaram-no com todo tipo de "faça isso" e "não faça aquilo", coisas sem qualquer relação com a verdadeira experiência religiosa. Esta tem a ver com o diálogo com o Logos e aonde ele pode nos levar e o que pode nos mostrar. Hoje, portanto, quando nós, como espécie, estamos a ponto de abandonar ou destruir o planeta, o Logos ressurge com grande intensidade. Não sairemos deste planeta sem que a nossa mente seja transformada. O que está acontecendo é uma transformação global da humanidade em um tipo de criatura inteiramente diferente. Estamos saindo do invólucro do macaco. E essa coisa feita de linguagem, de imagem e de imaginação, que residiu nos macacos durante tanto tempo, está agora superando a evolução biológica e, através da cultura, assumindo as rédeas de sua própria forma e destino. O caos da nossa era, que tanto perturba a todos nós, não é absolutamente incomum. É o que normalmente acontece quando uma espécie se prepara para deixar o planeta. É o caos do fim da História.

Não resta a menor dúvida. Há sinais disso por toda parte. E os sinais que nem todos percebem, que somente os aficionados das substâncias psicodélicas conhecem, são as transformações da consciência, simultaneamente com a transformação da cultura técnica. Essas duas transformações são, de fato, expressões uma da outra.

Os tempos atuais são as dores do parto de uma nova humanidade. "

Livro de Terence Mckenna - O Alimento dos Deuses -
*
RETIRADO DE: "PISTAS DO CAMINHO" EM: http://pistasdocaminho.blogspot.com/

JÁ AGORA VEJAM O VÍDEO DO AUTOR, NO MESMO SITE, FANTÁSTICO...

SER CONTRA A FELICIDADE É ABRAÇAR O ÊXTASE


A FELICIDADE É APENAS UM MITO

- Este artigo que acabo de publicar no poste abaixo, do jornalista brasileiro Arnaldo Jabor por princípio refere-se ao Brasil mas é igual para Portugal e estou certa para todos os países que hoje em dia se julgam civilizados, países que não fazem supostamente parte do 3º mundo e que face a dramáticas realidades foram tomados da euforia pela ideia de alternativas fictícias...

Passámos de alienados do consumo para a alienação e propaganda de curas maravilhosas e estados alterados de consciência que não querem dizer nada e tudo isso em nome da felicidade ou da salvação que nunca fizeram parte da realidade humana.

Se antes a religião nos iludia hoje em dia iludem-nos os mercados da pseuda espiritualidade. Em que se propagam e vendem todo o tipo de mezinhas e mensagens vinda dos além, não apenas vindas dos simples mortais desencarnados mas de altas individualidades do cosmos, desde Anjos a grandes Mestres que "os canais" (os novos médiuns) tratam por tu e sem mais cerimónias e que nos comunicam verdades supremas mas que, no plano humano,não nos servem praticamente para nada, mas sim para adiar a consciência da nossa realidade íntima. Por isso eu continuo a duvidar desta facilidade...e que me desculpem as minhas amigas e amigos, os novos crentes desta Nova Era, mas eu acho que os canais continuam muitos sujos e a água não sai tão limpa quanto pensamos; é preciso ter cuidado com a água que se bebe...

A cólera é um grande perigo e há muitos tipos de cólera no mundo.

O melhor mesmo é ir à fonte, mas para ir à fonte é preciso muito trabalho...às vezes é preciso andar por montes e vales e caminhar pelos nossos pés...ou mesmo caminhar às cegas... até a encontrar!


É MESMO ISTO:

"A maioria se esconde atrás de sorrisos tensos porque tem medo de encarar a complexidade do mundo, seu mistério impreciso, suas terríveis belezas. Para fugir desta contemplação atemorizante, nos perdemos em distrações vãs e em um bom humor programado. Somos de uma natureza incompleta, somos de vagas potencialidades, e isto faz da vida uma luta constante em face do desconhecido. Usamos uma máscara falsa, sorridente, um disfarce para nos proteger do abismo. Mas, este abismo é também nossa salvação. Ser contra a felicidade é abraçar o êxtase." A.J.

- HOJE JÁ COMPREENDO O QUE DURANTE MUITOS ANOS NÃO ENTENDIA, O QUE QUERIA DIZER FERNANDO PESSOA QUANDO ESCREVEU: "QUE SÓ LHE ERA PERMITIDO SER FELIZ NÃO O SENDO"...

Não só a felicidade é um mito como a verdadeira felicidade consiste numa certa tristeza, ou melancolia, como diz o autor, permitam-me o aparente paradoxo, pelo menos para quem escreve...para quem não persegue o que é fácil e imediato...para quem não compra o que a sociedade nos quer vender a todo o preço!!!

rlp

A CULTURA DA "FELICIDADE" NOS PAÍSES QUE SE ACHAM CIVILIZADOS

"A obrigação de ser feliz

Diante do horror do mundo, temos de ser felizes

O Brasil está se defrontando com o absurdo de sua estrutura institucional.
Esta explosão galáctica da crise entre polícia, política, Judiciário,
empresariado, Estado e capital revela o tumor do absurdo nacional.
Olho em volta e tenho de comentar o incompreensível, o indestrutível, o inexplicável, o inevitável, o incurável, o impossível.
É desanimador. Deprimo porque vivemos no Brasil uma dupla mensagem: tragédia nas notícias e gargalhadas nas revistas de celebridades.
Dentro da paisagem tenebrosa, somos obrigados a ser felizes.
Hoje em dia é proibido sofrer. Temos de "funcionar", temos de rir, de gozar, de ser belos, magros, chiques, tesudos, em suma, temos de ter "qualidade total", como os produtos.

Para isso, há o Prozac, o Viagra, os "uppers", os "downers", senão nos encostam como mercadorias depreciadas.

No entanto, a depressão tem grande importância para a sabedoria; sem algum desencanto com a vida, sem um ceticismo crítico, ninguém chega a uma reflexão decente.
O bobo alegre não filosofa, pois, mesmo para louvar a alegria, é preciso incluir o gosto da tragédia. No pós-guerra, tivemos o existencialismo, o suicídio da literatura com gênios como Beckett e Camus ou o teatro do absurdo, o homem entre o sim e o não, entre a vida e o nada.

A infelicidade de hoje é dissimulada na alegria obrigatória.

"A depressão não é comercial", lamentou um costureiro gay à beira do suicídio, mas que tinha de sorrir sempre, para não perder a freguesia.
O bode pós-moderno vem da insatisfação de estar aquém de uma felicidade prometida pela propaganda e pelo mercado.
É impossível ser feliz como nos anúncios de margarina, é impossível ser sexy como nos comerciais de cerveja. Ninguém quer ser "sujeito", com limites, angústias; homens e mulheres querem ser mercadorias sedutoras, como BMWs, Ferraris, Ninjas Kawasaki.
E aí, toma choque, toma pílula, toma tarja preta. Só nos resta essa felicidade vagabunda fetichizada em êxtases volúveis, famas de 15 minutos, "fast fucks", raves sem rumo.

O mercado nos satisfaz com rapidez sinistra: a voracidade, o tesão, o amor..

E pensamos: "E se não houvesse mais desejo? Eu posso escolher o filme ou música que quiser, mas, nessa aparente liberdade, "quem" me pergunta o que eu quero?
A interatividade é uma falsificação da liberdade, pois ignora meu direito de nada querer. Eu não quero nada. Não quero comprar nada, não quero saber nada, quero ficar deprimido em paz.
Estava neste ponto do artigo quando um Ananda Rubinstein, cientista política, me enviou um texto chamado "Elogio da melancolia", de Eric G. Wilson, da Universidade de Wake Forest.
Veio a calhar. Com destreza acadêmica, ele aprofunda meus conceitos. Ele escreve:

"Estamos aniquilando a melancolia. Inventaram a ciência da felicidade. Livros de auto-ajuda, pílulas da alegria, tudo cria um 'admirável mundo novo' sem bodes, felicidade sem penas. Isto é perigoso, pois anula uma parte essencial da vida: a tristeza." Ele continua: "Não sou contra a alegria em geral, claro... Nem romantizo a depressão clínica, que exige tratamento. Mas sinto que somos inebriados pela moda americana de felicidade.
Podemos crer que estamos levando ótimas vidas simpáticas e livres quando nos comportamos artificialmente como robôs, caindo no conto dos desgastados comportamentos 'felizes', nas convenções do contentamento.
Enganados, perdemos o espantoso mistério do cosmo, sua treva luminosa, sua terrível beleza.. O sonho americano de felicidade pode ser um pesadelo.

O poeta John Keats morreu tuberculoso, em meio a brutais tragédias, mas nunca denunciou a vida. Transformou sua desgraça em uma fonte vital de beleza.
As coisas são belas porque morrem - ele clamava. A rosa de porcelana não é tão bela como aquela que desmaia e fenece.

A melancolia, a consciência do tempo finito é o lugar de onde se contempla a beleza. Há uma conexão entre tristeza, beleza e morte.
Só o melancólico cria a arte e pode celebrar a experiência do transitório resplendor da vida.. A melancolia, longe de ser uma doença, é quase um convite milagroso para transcender o 'status quo' banal e imaginar inéditas possibilidades de existência.

Sem a melancolia, a terra congelaria num estado fixo, previsível como metal.

Deste modo, o mundo se torna desinteressante e morre. Todo mundo ficaria contente com o que lhe é dado (que, alias, é o sonho do mercado - a satisfação completa do freguês).
Mas quando a gente permite que a melancolia floresça no coração, o universo, antes inanimado, ganha vida, subitamente. Regras finitas dissolvem-se diante de infinitas possibilidades.
A felicidade torna-se pouco - passamos a querer algo mais: a alegria ('joy'). Mas, por que não aceitamos isso e continuamos a desejar o inferno da satisfação total, a felicidade plena?

A resposta é simples: por medo.

A maioria se esconde atrás de sorrisos tensos porque tem medo de encarar a complexidade do mundo, seu mistério impreciso, suas terríveis belezas.
Para fugir desta contemplação atemorizante, nos perdemos em distrações vãs e em um bom humor programado.
Somos de uma natureza incompleta, somos de vagas potencialidades, e isto faz da vida uma luta constante em face do desconhecido.

Usamos uma máscara falsa, sorridente, um disfarce para nos proteger do abismo.

Mas, este abismo é também nossa salvação.
Ser contra a felicidade é abraçar o êxtase.
A aceitação do incompleto é um chamado à vida. A fragmentação é liberdade.
É isso aí.
A felicidade tem um pouco de tristeza. "

ARNALDO JABOR
Publicado em: 22/07/2008